Serviços

Prefeitura do Rio abre ao público, neste sábado, o Terminal Intermodal Gentileza e começa a operação gradual da Transbrasil – Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro

Prefeitura apresenta a logística do início das operações do TIG e da Transbrasil – Marcelo Alvarenga / Prefeitura do Rio

Para consolidar a implantação do sistema BRT na cidade, a Prefeitura do Rio inicia, neste sábado (24/02), a operação gradual da Transbrasil. Com 26 quilômetros de extensão, 18 estações e dois terminais, o corredor expresso conectará Deodoro, na Zona Oeste, ao Centro do Rio, passando por 18 bairros e com previsão para transportar 250 mil pessoas por dia até 2030. Este é o quarto corredor de BRT a ser inaugurado na cidade, ampliando o sistema de transporte de alta capacidade, que já opera com Transoeste, Transcarioca e Transolímpica. A abertura em etapas da Transbrasil acontecerá um dia após a cerimônia de inauguração do Terminal Intermodal Gentileza (TIG), marcada para esta sexta-feira (23/02) com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Erguido nas imediações da Rodoviária Novo Rio, na Zona Portuária, o TIG será o maior terminal integrador de transporte público do Rio, e conectará o BRT ao Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) e às linhas de ônibus municipais.

Quando estiver em plena operação, o TIG permitirá que os passageiros cariocas possam acessar, dentro do terminal, o novo BRT Transbrasil, duas linhas do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) que ligarão o terminal ao Aeroporto Santos Dumont e às Barcas, e 14 linhas de ônibus municipais regulares para diversos bairros da cidade. A estimativa é que mais de 150 mil pessoas passem pelo terminal todos os dias.

Em entrevista coletiva nesta terça-feira (20/02), a Prefeitura do Rio apresentou a logística do início das operações do Terminal Intermodal Gentileza e do Corredor BRT Transbrasil. Participaram a secretária municipal de Transportes, Maína Celidonio; o presidente da CET-Rio, Joaquim Dinis; a diretora presidente da MOBI-Rio, Claudia Secin; o diretor-presidente da Companhia Carioca de Parcerias e Investimentos (CCPAR), Gustavo Guerrante, e o gerente de Implantação e Manutenção do VLT, José Carlos Alves.

– O BRT Transbrasil foi aguardado por muitos anos na cidade e começa a funcionar neste sábado junto com o Terminal Intermodal que integrará o BRT, o VLT e as linhas de ônibus municipais. É um ganho de mobilidade para o Rio ter este grande terminal de integração para a cidade. A gente começa essa operação que vai ocorrer em várias fases, a ideia é justamente essa, até para os próprios usuários se acostumarem aos poucos com a grande mudança na cidade – disse a secretária Maína Celidonio.

 

Na fase 1: Transbrasil começará a operar entre Penha e Terminal Gentileza e terá linha executiva para o Aeroporto do Galeão

A fase inicial (1) da operação da Transbrasil, que começa neste sábado (24/02) e se estende até 30 de março, terá os ônibus articulados circulando no trecho entre o bairro da Penha e o Terminal Gentileza no horário das 12h às 14h, com intervalos de 10 minutos entre as viagens e tempo de percurso de 20 minutos. O preço da passagem (R$ 4,30) será o mesmo cobrado em todos os modais municipais.

Os ônibus saem da Penha, fazem paradas nas estações Ibiapina, Olaria, C. de Moraes e Santa Luzia, antes de entrarem na Transbrasil e seguirem direto, sem paradas, até o Terminal Gentileza

Para atender à demanda dos passageiros que utilizam o Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão), uma linha expressa de ônibus executivos TIG x GIG, sem paradas nas estações, entrará em operação todos os dias, das 6h à meia-noite, com intervalos previstos de 20 minutos. O tempo de viagem é estimado em 16 minutos. Os ônibus terão bagageiros e uma sala de espera à disposição dos passageiros no Terminal Gentileza. O valor da tarifa será de R$ 15, e a passagem poderá ser paga com Jaé ou Riocard.

 

Na fase 2: Transbrasil terá operação entre Deodoro e Terminal Gentileza, e início da calha segregada do BRT

A partir de 30 de março, o BRT Transbrasil começará a operar de Deodoro ao Terminal Gentileza, com horário mais ampliado, das 10h às 15h. Também nesta data será iniciada a operação da calha segregada do BRT. Isso significa que a faixa da esquerda da seletiva, exclusiva para BRTs, será limitada por segregadores. Já a faixa da direita da seletiva poderá ser usada por ônibus, veículos de serviço e táxis. Elas serão limitadas com pintura, e funcionarão todos os dias da semana. Nos trechos junto às estações, para garantir segurança na ultrapassagem dos BRTs expressos, a faixa seletiva será segregada com tachões. Em trechos de calha singela, apenas ônibus e BRTs serão permitidos.

 

Mais conexões, mais facilidade para transitar no Rio

O início da operação da Transbrasil e a abertura do Terminal Gentileza ampliam o leque de conexões viárias possíveis aos passageiros cariocas. Dentro do TIG, os usuários do novo corredor poderão se conectar a 14 linhas de ônibus municipais, sendo cinco delas já no sábado (24/02) e outras cinco a partir de 16 de março. (Informações sobre as linhas abaixo).

Também a partir de sábado (24/02), será possível ainda acessar uma linha de VLT dentro do TIG, alcançando pontos importantes do Centro do Rio, como o Aeroporto Santos Dumont, a Avenida Rio Branco, a Praça Mauá ou a Orla Conde.

Na outra ponta da Transbrasil, o corredor se conecta à Transolímpica por meio do Terminal Deodoro e ao Transcarioca a partir de dois pontos, na Penha e no Fundão, possibilitando a circulação facilitada dos passageiros entre os bairros da Zona Oeste, Zona Norte, Barra da Tijuca, Jacarepaguá e Centro do Rio.

Além de criar novas opções de trajetos e viagens, o início da operação do corredor Transbrasil deverá resultar numa redução de 50% no tempo de deslocamento dos passageiros que usam a Avenida Brasil todos os dias.

– O VLT inicia a operação no TIG a partir deste sábado com a Linha 1 em horário normal, como já opera hoje: todos os dias das 6h até meia-noite. Além disso, até o fim de março entrará em operação uma nova linha, a Linha 4, que vai conectar o terminal até a Praça XV. O passageiro que vem do BRT Transbrasil terá muito mais previsibilidade para a chegada ao Centro, sem ficar no trânsito e com conforto que a integração dos dois transportes oferece – afirma Gustavo Guerrante.

 

Linhas de ônibus municipais

Das 14 linhas de ônibus municipais previstas para operar dentro do Terminal Intermodal Gentileza, inicialmente, cinco linhas municipais que tinham como destino o entorno da rodoviária já estarão operando no local neste sábado (24/2). São elas:

Linha 104 (São Conrado – Terminal Gentileza)

Linha 133 (Largo do Machado – Terminal Gentileza)

Linha 301 (Terminal Gentileza – Barra da Tijuca)

Linha 302 (Terminal Gentileza – Terminal Alvorada)

Linha 353 (Praça Seca – Terminal Gentileza)

Atenção: Os pontos de ônibus dessas linhas existentes das ruas Comandante Garcia Pires e General Luís Mendes de Moraes e na Praça Marechal Hermes, todas no entorno da rodoviária, serão desativados.

A partir de 16 de março, outras cinco linhas municipais passam a operar no TIG. São elas:

Linha 108 (Terminal Gentileza – Jardim de Alah)

Linha 110 (Terminal Gentileza – Jardim de Alah)

Linha 112 (Terminal Gentileza – Alto da Gávea)

Linha 606 (Terminal Gentileza – Engenho de Dentro)

Linha SV 606 (Terminal Gentileza – Engenho de Dentro)

Atenção: Os pontos de ônibus dessas linhas existentes das ruas Comandante Garcia Pires e General Luís Mendes de Moraes e na Praça Marechal Hermes, todas no entorno da rodoviária, serão desativados.

 

VLT terá linhas ligando o TIG ao Santos Dumont e às barcas

Com a inauguração do Terminal Intermodal Gentileza, o VLT Carioca amplia a operação da sua linha 1, que passa a circular entre o Terminal Intermodal Gentileza x Santos Dumont, a partir do próximo sábado (24/02). O traçado TIG x Santos Dumont pode ser feito pelos passageiros em cerca de 30 minutos.

O horário de funcionamento está mantido: das 6h à meia-noite.

Com a mudança, os passageiros que estiverem nessa linha e desejarem desembarcar em Praia Formosa, a orientação será a baldeação na estação Rodoviária, para a linha 2 (que terá seu percurso Praça XV x Praia Formosa) mantido, naturalmente. A troca de linha é necessária apenas nesse caso, sem custos adicionais. Para o cliente da linha 2, com destino à Praia Formosa, não haverá mudança.

Até o dia 30 de março, está prevista a inauguração da linha 4 (Praça XV x Terminal Intermodal Gentileza) do VLT para atender o terminal Gentileza. O novo trajeto terá duração de 29 minutos.

Vale lembrar que a passagem do VLT custa R$ 4,30 e cada usuário deve ter o próprio cartão para embarque. Ele pode ser comprado ou carregado nas paradas e estações, que contam ainda com terminais para consulta de saldo, desbloqueio de cartões e liberação de recarga on-line. É recomendado inserir antecipadamente os créditos para ida e volta.

– O VLT complementa aqui a sua vocação. Ele nasceu como instrumento de integração de todos os demais modais da cidade, navios, ônibus, aviões, metrô e o BRT, que agora traz o cumprimento dessa nossa vocação. Após a integração com a região portuária, revitalizada na época das Olimpíadas, agora temos a possibilidade de o nosso usuário da região da Avenida Brasil chegar ao Centro do Rio, onde estão majoritariamente os empregos da cidade – disse José Carlos Alves.

 

Jaé no VLT

O novo sistema de bilhetagem digital, o Jaé, começa a funcionar no VLT a partir deste sábado (24/02). Todas as composições terão os dois validadores: o Jaé e o Riocard. O VLT passa a ser o segundo modal a aceitar o Jaé. Desde julho do ano passado, quando foi implantado, o sistema estava funcionando exclusivamente no BRT, como fase de teste.

Além do Gentileza, outras estações de VLT que terão máquinas de auto-atendimento (ATM) da Jaé: Praia Formosa, Rodoviária, Equador, Pereira Reis, Vila Olímpica, Central, Cristiano Ottoni, Tiradentes, Camerino, Santa Rita, Utopia, Cidade do Samba, Providência e Harmonia.

Além do cartão físico, os passageiros poderão pagar a passagem usando o celular, por meio de QR Code. Os usuários poderão baixar o aplicativo da Jaé, já disponível nos sistemas Android e IOS, ou acessar o site para criar uma conta. Por meio do aplicativo será possível ver o saldo, extrato, fazer recarga, solicitar, bloquear, cancelar e pedir segunda via do cartão. É importante ressaltar que, neste novo sistema, o saldo não expira. Não há prazo definido para que o usuário utilize o crédito.

 

Restrições à circulação de caminhões entram em vigor na Avenida Brasil

A partir de 16 de março, serão implantadas restrições à circulação de caminhões em trechos da Avenida Brasil, para evitar retenções em alguns trechos e faixas de horário. A avenida é a principal via estrutural da cidade, com volume diário médio de 200 mil veículos, no trecho de maior concentração de tráfego: entre Parada de Lucas e o Caju.

No pico da manhã, entre 6h e 9h, no sentido Centro, os caminhões e carretas, considerando a equivalência desses veículos com veículos de passeio, representam 32% do volume de automóveis no mesmo período. Na parte da tarde, entre 16h e 19h, esse percentual é de 26,5%.

– Hoje de manhã, num acidente envolvendo um caminhão na Avenida Brasil, perdemos duas faixas das quatro disponíveis. É incompatível a circulação desses veículos, que têm maior dificuldade de se deslocar e, quando há acidente, o tempo para desfazer a cena é muito maior. Em termos de circulação, a partir do dia 30 vai melhorar muito para quem utiliza o BRT, para quem utiliza os ônibus – ressalta o presidente da CET-Rio, Joaquim Dinis.

A adoção dessa medida vai melhorar a fluidez nos horários de pico e, por consequência, diminuir a duração dos horários críticos permitindo que os veículos de carga, no momento que acessarem a Avenida Brasil, tenham maior velocidade em seus deslocamentos.

 

Trechos e horários de restrições à circulação de caminhões

>> Pista Central em ambos os sentidos

Trecho: entre Irajá e Caju

Dias e horários: todos os dias, das 4h às 22h

>> Pista Lateral sentido Centro

Trecho: entre Irajá e Caju

Dias e horários: dias úteis, das 5h às 9h

>> Pista Lateral sentido Santa Cruz

Trecho: entre Caju e Ramos

Dias e horários: dias úteis, das 16h às 20h

 

A Avenida Brasil tem extensão de cerca de 55 quilômetros por sentido. A restrição na pista central será efetuada em trecho de aproximadamente 14 quilômetros. Quanto às pistas laterais, em que as restrições serão aplicadas somente nos dias úteis, a restrição no sentido Santa Cruz será em trecho de aproximadamente 6 quilômetros, enquanto no sentido Centro, o trecho restrito terá cerca de 14 quilômetros.

 

Restrições levaram em consideração estudo de fluxos viários

A definição pela implantação dessas medidas levou em consideração estudos baseados no fluxo viário na Avenida Brasil, na participação dos caminhões observando-se as suas características de circulação, assim como nos dados sobre ocorrências (enguiços e panes em geral, acidentes, bloqueios, etc) que causam maior impacto no trânsito e levam maior tempo para serem resolvidas, quando comparadas com as mesmas situações envolvendo veículos de menor porte.

Em 2023, foram feitos 1.002 atendimentos envolvendo caminhões e carretas. Proporcionalmente, a incidência de acidentes com caminhões é mais que o dobro que a incidência envolvendo veículos de passeio e o tempo de atendimento médio por incidente para que a pista seja liberada é 60% maior quando há caminhões envolvidos. Considerando enguiços mecânicos, a relação é ainda mais significativa: a proporção de enguiços de caminhões é mais que o triplo da de veículos de passeio, com tempo de atendimento quatro vezes maior.

 

Sinalização específica será implantada

Sinalização específica será implantada em todos os acessos aos trechos onde haverá restrição, indicando os dias e horários proibidos. A fiscalização do cumprimento da nova regra será efetuada por meio de equipamentos eletrônicos ao longo dos trechos, bem como por agentes da Guarda Municipal atuando em viaturas e posicionados nas passarelas. Para orientar os motoristas sobre os trechos restritos, sinalização complementar e mensagens nos painéis da CET-Rio serão disponibilizadas, informando sobre as alterações implantadas.

Categoria:

  • 20 de fevereiro de 2024
  • Marcações: Avenida Brasil BRT CCPar CET-Rio Prefeitura do Rio prefeitura do Rio de janeiro Terminal Gentileza TIG Transbrasil Transportes

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *