Serviços

Agência Minas Gerais | Parque Estadual Mata do Limoeiro ganha novo atrativo turístico

Uma caminhada marcou a abertura à visitação de mais um atrativo no Parque Estadual Mata do Limoeiro: o Mirante do Gigante. 

A Unidade de Conservação (UC), administrada pelo Instituto Estadual de Florestas (IEF), está localizada em Ipoema, distrito de Itabira, na região Central de Minas Gerais.

Na manhã de quarta-feira (20/3), a equipe do parque, juntamente com funcionários da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Itabira, promoveu uma caminhada até o Mirante do Gigante, onde fizeram piquenique em comemoração à abertura do novo atrativo.

O acesso ao atrativo é feito pela portaria do parque. A trilha é de 1,7 quilômetro e seu maior percurso é dentro de mata fechada, o que permite uma caminhada mais leve e tranquila. No seu ponto mais alto foi construída a estrutura de um pequeno deque e banquinho para descanso. O local é propício para piquenique e contemplação do pôr do sol.

“O espaço está à disposição de todos os visitantes, para que possam desfrutar do local que conta com uma paisagem deslumbrante”, observa o gerente do parque, Alex Amaral.

Corredeiras da Juventude

Recentemente, o parque também inaugurou outro atrativo turístico, batizado de “Corredeiras da Juventude”. A área conta com cascatas e poços, onde é possível nadar e contemplar a beleza cênica singular das áreas verdes do parque.

As Corredeiras da Juventude situam-se acima da Cachoeira do Derrubado, com queda d’água de aproximadamente 57 metros de altura e formação de poços de 1,72 metros a 3,57 metros de profundidade. Distante da sede do parque cerca de 4,5 quilômetros, o atrativo pode ser visitado a partir de uma trilha demarcada e sinalizada, com grau de dificuldade considerado moderado.

O parque

Criado em 2011 e aberto à visitação pública em 2013, o Parque Estadual Mata do Limoeiro está localizado bem próximo à área urbana do distrito de Ipoema. A região está localizada na Serra do Espinhaço, a cerca de 7 quilômetros do Parque Nacional da Serra do Cipó.

A unidade de conservação tem importante papel na preservação e conservação da biodiversidade local, sendo reconhecido também pelos projetos de inclusão e educação ambiental. Entre eles, a Trilha dos Sentidos, Passaporte Turístico, Ecofolia e Natal em Comunidades.     

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *