Serviços

Ao som da bateria da Verde e Rosa, segunda cozinha comunitária é inaugurada na Mangueira  – Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro

Mais duas cozinhas comunitárias foram inauguradas na cidade nesta quinta-feira – Roberto Moreyra/SMTE

No dia 21 de junho de 2022, foi aberta na Mangueira a primeira unidade do Prato Feito Carioca. Passados dois anos, uma nova filial do programa da Prefeitura do Rio foi inaugurada, nesta quinta-feira (4/7), na comunidade, ao som da bateria da Estação Primeira. A Cozinha Comunitária Carioca Leonina Pereira Gomes foi aberta no número 92 da Rua Vigário Morato.

E, na abertura, além da feijoada, foi servido bolo para os beneficiários do programa. Nesta quinta-feira também foi inaugurada a Cozinha Comunitária Carioca Tuiuti, no número 70 da Rua Curuzu, em São Cristóvão. E nesta sexta-feira (5/7), mais duas unidades do programa Prato Feito serão inauguradas: uma em Anchieta e outra na Pavuna.

– Hoje é um dia muito importante para mim e estou muito feliz por estar aqui na Mangueira, que guarda a história da minha família. Saí daqui aos 14 anos, mas nunca deixei de ser mangueirense. E sempre me lembro da história que meu pai contava: aos 7 anos, ele descia o morro atrás de comida, porque na casa da minha avó tinham 22 crianças. Portanto, enquanto uma criança não tiver o que comer em casa, vou lutar para manter e ampliar esse programa – prometeu o secretário de Trabalho e Renda, Everton Gomes.

280 refeições servidas, de segunda-feira a sexta-feira 

Além de Rosemary de Almeida Figueiredo, a Amelinha, de 57 anos, trabalham na nova cozinha da Mangueira Claudia Penha da Silva,  de 56, Marcos José Miranda de Castro, de 52, e Katia Cilene, de 51. A exemplo das outras unidades do Prato Feito, lá são servidas 280 refeições, de segunda-feira a sexta-feira.

– Isso aqui foi a salvação de muita gente. Não há nada melhor do que sabermos que estamos matando a fome de alguém. O projeto é maravilhoso, pois leva alimento à mesa de pessoas muito carentes – disse Amelinha.

De acordo com Edna Alves dos Santos, de 58 anos, as refeições do Prato Feito ajudam sua família, pois ela vive apenas com a pensão de um salário mínimo do marido, falecido. Ela já vinha pegando duas refeições, para ela e a filha, quando a cozinha da Mangueira ainda estava funcionando em fase de teste.

A exemplo de muitas cozinheiras do Prato Feito, Rosana dos Santos, Evani Pereira e Rosângela da Silva também estavam desempregadas antes de serem contratadas para trabalhar na Cozinha Comunitária Carioca do Tuiuti.

– Eu peguei quatro refeições, para mim, minha esposa e meus filhos. Esse projeto está sendo fundamental, pois sou aposentado e, como tenho 67 anos, não consigo arrumar emprego – declarou Jorge Luis de Lima Soares, morador do Tuiuti.

Com as 12 novas unidades do programa Prato Feito, serão 32 cozinhas comunitárias funcionando em diferentes bairros e comunidades do Rio. Nos dois anos do programa, já foram servidas 3,7 milhões de refeições para famílias em situação de vulnerabilidade social.

Marcações: Cozinha Comunitária Carioca Inaugurações mangueira Programa Prato Feito Carioca Tuiuti